O autismo do Tiago

img_9426O autismo do Tiago é de causa genética, ele tem uma alteração num gene que é responsável pela forma como interage com o mundo, bem diferente da maioria. Essa alteração genética dita a forma como ele processa, lida e responde aos estímulos. Portanto o Tiago tem o rosto longo, o nariz arredondado, os olhos azuis, o cabelo castanho e tem autismo. Simplesmente faz parte dele e sempre fará, e isso é algo que não podemos mudar. Continuar a ler

Anúncios

O meu filho não dá abraços, mas sorri como ninguém!

img_9381O Tiago sempre teve dificuldade em lidar com os sentimentos, em reconhecê-los e obviamente em expressá-los. O choro sempre foi o principal meio de comunicação e durante muito tempo percebíamos o que se passava com ele através de um pouco de “adivinhação”. Aprendemos com o tempo a reconhecer certos sinais que nos dão pistas sobre como ele se está a sentir e, embora ele seja verbal, a linguagem dele é muitas vezes pouco funcional e serve mais para coisas básicas (como sim/não, quero/não quero e um sem número de falas decorados dos desenhos animados). Continuar a ler

Não sou mimado, mal educado nem estranho, tenho autismo!

img_9266O nosso cérebro é uma coisa fantástica, é o que nos permite experienciar a vida de determinada forma e é incrível a capacidade que tem de criar. Em poucos segundos de observação criamos toda uma história na nossa cabeça, mas muitas vezes assumimos como verdadeiro aquilo que nem sempre o é. Um primeiro contacto com outra pessoa é suficiente para formarmos uma opinião sobre aquilo que ela é e o que faz, mas muitas vezes não nos damos a oportunidade de tentar perceber se haverá algo mais para além daquilo que se vê. É muito fácil julgar e muitas vezes acabamos por nos enganar… quem nunca?! Continuar a ler

Quem precisa de férias das férias?

img_9146   As minhas férias estão mesmo a terminar e tenho a dizer que me sinto completamente esgotada! Há já algum tempo que férias deixaram de ser sinónimo de descanso, mas este ano sinto que foi bem mais cansativo. Estar de férias é óptimo e traz tantas coisas boas, mas não me levem a mal… 24h por dia com duas crianças pequenas que passam o tempo todo a embirrarem um com o outro não é fácil, mais as alterações de rotina, as viagens e agora o regresso à escolinha do mais velho e a adaptação do mais novo. Continuar a ler

Não sou uma mãe especial

img_9007   Durante a gravidez sonhamos com o nosso filho, como ele será, física e psicologicamente, se sairá à mãe, ao pai, ou a nenhum dos dois… mas acima de tudo queremos que ele seja perfeito e tenha saúde.

   O meu filho tem autismo, não foi obviamente algo que imaginei que pudesse acontecer, mas isso não quer dizer que ele não seja perfeito, é perfeito sim, e o amor incondicional de uma mãe é mesmo isso, aceitar e amar o seu filho seja quais forem as circunstâncias e lutar sempre para que ele seja o melhor que conseguir e para que seja feliz. Continuar a ler