Parque da Senhora do Salto

psx_20200707_210259O Parque da Senhora do Salto fica em Aguiar de Sousa, é um espaço paisagístico de rara beleza e talvez dos locais mais apreciados do concelho de Paredes. Constitui um dos pontos de destaque da Rota do Românico e trata-se de um curto lanço do rio Sousa que se aperta entre duas arribas formando uma garganta e conhecido popularmente por “Boca do Inferno”. Ainda hoje os anciãos dizem que o Inferno se situa ali para o lugar do Salto, numa garganta apertada, por onde corre o rio Sousa.

Local bastante interessante do ponto de vista geológico uma vez que está inserido numa região constituída por um conjunto de rochas que integram o Maciço Ibérico, as mais antigas da Península Ibérica, datadas da era pré-cambriana e paleozóica. Predominam as faces de xisto e quartzito, fortemente deformadas e fracturadas. As rochas quartziticas, devido à sua dureza e resistência à erosão, formam paredes verticais muito acima do rio. Com vários atractivos paisagísticos, a diversidade de habitats considerados prioritários para conservação e a elevada biodiversidade desta área levaram à sua classificação como Sítio de Importância Comunitária da rede de áreas protegidas da União Europeia (Natura 2000).

Mas a Senhora do Salto é também um local de peregrinação envolto em lendas e culto religioso. Segundo a lenda um cavaleiro que, perseguido pelo demónio (não está claro se sob a forma de uma lebre ou veado), se apercebe de um precipício mesmo à sua frente. Para se livrar da morte terá invocado a protecção da Nossa Senhora e esta terá aparecido e terá lhe dito que se atirasse à vontade. Cavalo e cavaleiro caíram para o precipício e por milagre pousaram a salvo na outra margem, local onde ainda hoje é possível observar as cinco covas numa pedra do leito do rio que dirão respeito à impressão deixada pelas patas e focinho do cavalo ao aterrar na pedra que terá ficado mole como cera. Em sinal de agradecimento pelo milagre, o cavaleiro terá mandado construir a capela de Nossa Senhora do Salto.

Envolto num grande misticismo, este local proporciona momentos de tranquilidade, frescura ou até de prática de desporto. As paredes escarpadas são um sucesso para a prática de escalada e rappel, ou para quem gosta mais de ter os pés assentes no chão, BTT e caminhada. Existe também um pequeno parque de piquenique onde é possível ficar apenas a admirar a paisagem!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s