Planeamento e bullet journal

img_5961-1   Isto de ser mãe tem muito que se lhe diga, o tempo não estica e há sempre tanto que fazer! Não nos conseguimos desdobrar e, por muito que queiramos dedicar-nos aos nossos filhos, há coisas que têm mesmo de ser feitas. O que era mesmo bom era ter uma empregada que cozinhasse e tratasse da casa, mas enquanto ainda não sou rica, todas as dicas que me permitam poupar tempo são bem vindas!

   Não sou uma pessoa lá muito organizada mas tenho feito um esforço para tentar melhorar este aspecto. E todos os anos, no final do ano, compro uma agenda para o ano seguinte, é tipo uma daquelas resoluções de ano novo, conseguir organizar melhor o meu tempo e desocupar a cabeça, já que tenho a mania que consigo memorizar tudo e depois fico com medo de me esquecer de alguma coisa. E todos os anos acontece o mesmo, as agendas ficam praticamente inutilizadas. Apesar disso continuo a achar que preciso de planear mais e acabar com todas as listinhas e papéis com notas, perdidos cá por casa.

   Foi na busca por algo que me ajudasse que me deparei com o conceito de bullet journal, que até então desconhecia, em que somos nós próprios que criamos a nossa “agenda” e a adaptamos às nossas necessidades. Achei a ideia super interessante mas confesso que fiquei intimidada com todas as imagens de cadernos bonitinhos que vi e achei que, uma vez que não tenho jeitinho nenhum para desenho e trabalhos manuais, nunca iria ser capaz de fazer uma coisa em condições…

   Como acontece na maioria das vezes, somos nós próprios que nos sabotamos, e cheguei à conclusão que estava a complicar demais. Percebi que passava demasiado tempo na cozinha e principalmente demasiado tempo a pensar e dar voltas à cabeça sobre o que deveria fazer para jantar, sem falar na quantidade de vezes que ia às compras, porque faltava sempre alguma coisa. Então, motivada pela necessidade de organizar melhor o meu tempo depois de ter começado a trabalhar, principalmente no que respeita ao planeamento de refeições e listas de compras, comecei a pensar melhor sobre o assunto.

   Decidi então simplificar, agarrei num qualquer caderno que tinha cá por casa, pesquisei um pouco e comecei a tentar organizar-me. Afinal não preciso de fazer uma coisa xpto porque o objectivo não é ficar bonito mas sim funcional e simplificar-me a vida, e talvez quem sabe, com a prática, até comece a aventurar-me mais e a fazer uma coisa mais elaborada e bonitinha.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s