Ser Mãe 

img_5760   Desde pequena que sempre quis ser mãe, sempre achei que não tinha jeito para muita coisa, mas não sei muito bem porquê, achava que ser mãe seria algo que me iria fazer sentir realizada.

   Tive então o meu primeiro filho, tornei-me mãe e não só percebi que ser mãe não era nada, mas mesmo nada fácil, como muitas vezes pensei que afinal estava errada, que não tinha o menor jeito para isto. Confesso que, quando recomecei a trabalhar após o primeiro filho, embora me sentisse preocupada por deixá-lo ao cuidado de outra pessoa assim tão pequeno, o que senti foi de certa forma algum alívio, senti que me fez bem, senti que tinha recuperado de novo a minha vida, senti-me mais útil e foi bom sentir-me mais do que mãe, sentir que era também mulher e profissional.

   O caminho já vai longo e quis o destino por-me à prova várias vezes e ensinar-me muito sobre o que é importante para mim e quem sou eu na verdade.

   Fui mãe pela segunda vez, agora com mais confiança e embora continue a não ser nada fácil, tenho a certeza de que não tenho que saber tudo, que isto de ser mãe vai-se aprendendo e que os nossos filhos é que são os grandes professores. Aprendi que não é tanto uma questão de ter jeito, é mais uma questão de amor e de seguir o nosso coração.

   E agora, a horas de deixar também o meu segundo filho aos cuidados de outra pessoa, o meu coração está apertadinho. Não preciso de me sentir mulher ou profissional, porque o meu coração sabe que sou tudo isso e muito mais, sabe que sou Mãe.

img_5759

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s