Viajar com crianças, será que vale a pena?

  img_5433 Ora é o mais pequeno que quer colo, quer mamar, quer dormir, ou quer qualquer coisa que não conseguimos decifrar… ora é o mais velho que quer atenção, está aborrecido, está divertido e não quer acabar a brincadeira, está cansado e com sono e as birras são uma constante… tudo isto faz parte do dia-a-dia mas é agravado quando vamos viajar e as crianças estão fora do seu ambiente familiar que lhes dá segurança, portanto a questão que se coloca é se todo o trabalho extra compensa!

   Acho que tudo depende das pessoas, dos seus interesses, do que pretendem com a viagem e a sua duração. Eu sou apaixonada por viagens e devo confessar que antes de ter filhos sempre pensei que quando os teria iria preferir deixá-los com os avós e fazer as minhas viagens sem eles porque, principalmente quando ainda são pequenos, não podemos aproveitar tudo aquilo que gostaríamos… mas depois fui mãe e a minha opinião mudou! Passei a sofrer daquela dualidade de querer um pouquinho de tempo só para mim para aproveitar as coisas de que gosto e no minuto seguinte não conseguir estar um segundo longe dos meus filhos. Portanto, por vezes dou por mim a desejar muito férias desta “profissão” que é ser mãe mas depois penso em como posso negar aos meus filhos a oportunidade de partilhar com eles uma coisa que gosto tanto de fazer, que me deixa feliz e que eu gostaria que também eles apreciassem.

   Por isso sim, viajar com crianças, principalmente quando ainda são pequenas, dá mesmo muito trabalho e limita-nos muito… é o horário das refeições que devemos mais ou menos cumprir, é a hora da sesta que temos que ficar fechados no hotel, é aquele café à noite que por vezes temos que abdicar, são todos aqueles programas que têm de ser reduzidos e adaptados às crianças para que não fiquem aborrecidas e impossíveis de aturar… mas por outro lado estamos a proporcionar experiências únicas que muitas vezes de outra forma não seriam possíveis, sem contar com a nossa disponibilidade que é completamente diferente do dia-a-dia e só por isso os deixa mais felizes. E mesmo que não aproveitemos as férias ao máximo, pelo menos mudamos de ares, o que convenhamos anima-nos logo o espírito!

   Apesar de muitas vezes mais tarde não se lembrarem  das férias, as experiências moldam-nos desde que nascemos e é tão bom vê-los felizes! O Tiago adorou as férias, adorou todas as coisas novas que experienciou e adorou a nossa companhia e as brincadeiras em conjunto, e vê-lo assim feliz faz tudo valer a pena! O segredo, o segredo é paciência e boa disposição, experimentem e vão ver que se vão surpreender!

img_5434

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s